Dia Nacional da Consciência Negra

O termo Consciência Negra veio para enfatizar a luta do povo preto, ganhando popularidade na década de 1970 no Brasil, justamente em razão da luta de movimentos sociais que atuavam pela igualdade racial, como o Movimento Negro Unido. A data pede reflexão, pois foram mais de 300 anos de escravidão de um povo que foi e ainda é inferiorizado.

Hoje, mesmo que os negros tenham ganhando mais espaço na sociedade, dados comprovam que menos de 5% dos trabalhadores pretos têm cargos de gerência ou diretoria. O levantamento de dados da Vagas.com revela que a maioria dos pretos e pardos ocupam posições operacionais (47,6%) e técnicas (11,4%) – percentuais superiores aos relatados por brancos, indígenas e amarelos.

Já em cargos de diretoria, supervisão/coordenação e de senioridade, de alta e média gestão: apenas 0,7% têm cargos de diretoria, enquanto entre brancos, indígenas e amarelos, essa proporção é de 2%.

Dessa forma, o termo veio como um símbolo da luta, da resistência e a consciência de que a negritude não é inferior e que toda pessoa preta tem seu valor e seu lugar na sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *