Novembro Azul – A cor é outra. A luta é a mesma.

Novembro Azul – A cor é outra. A luta é a mesma. 

Estamos na última semana de novembro, são menos de dois meses para o fim de 2018. Esse costuma ser um momento de reflexão, pensamos na trajetória percorrida até aqui e projetamos todas as mudanças que queremos para o próximo ano.  

E, aproveitando esse período, temos uma pergunta para os homens: como foi a sua preocupação com a sua saúde durante o ano?

A campanha Novembro Azul levanta o debate e retoma o alerta sobre a atenção do homem para o seu próprio corpo a partir da conscientização sobre o câncer de próstata (ou CaP), o segundo tipo de câncer que mais atinge a população masculina no país, assim como o Outubro Rosa fez para o câncer de mama.

A importância da campanha está no fato de que os homens não possuem o hábito de irem regularmente ao médico nem de realizarem exames de rotina, o que reduz em 7 vezes a média de vida em relação às mulheres.

Abraçando a campanha e reafirmando a necessidade de conscientização acerca da doença, a Lauto dá 3 informações básicas sobre o exame de toque retal – o tipo de exame mais comum para a identificação do câncer de próstata – que vão te fazer perder o medo e o preconceito sobre ele:

 

  • A detecção precoce da doença, ou seja, a identificação do câncer de próstata ainda em seu estágio inicial aumenta as chances de cura em 90%.
  • O exame de toque retal não dói e as chances de sentir qualquer tipo de desconforto são mínimas, pois são utilizadas luvas de látex ou plástico lubrificado durante todo o procedimento.
  • O câncer de próstata não apresenta sintomas, como dores ou inchaços, por isso é imprescindível a realização do exame.

 

Informação bônus: Se você é homem e possui mais de 50 anos, é recomendado que o exame preventivo seja feito anualmente.

O Instituto Lado a Lado pela Vida é o idealizador da campanha e se você quiser ter mais informações sobre a doença ou sobre o movimento, é só acessar o site.

E aí, vai continuar marcando bobeira? 2018 ainda não acabou! A regra é clara: faça o exame, previna-se e incentive seus amigos a se prevenirem também! Afinal, não existe reposição de próstata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *