Problemas causados pela maresia

Água, sal e vento: uma combinação que parece inocente, mas que é uma inimiga silenciosa das superfícies metálicas.

Nessa matéria você vai conhecer os componentes mais prejudicados pela maresia. Confira também uma lista completa com os principais itens a serem revisados em um veículo que passou por essas condições. Continue lendo!

Os componentes mais danificados pela maresia

A maresia é uma preocupação constante para quem mora e trabalha nas cidades litorâneas. Também para os turistas, que passam apenas uma breve temporada nesses lugares durante o veraneio.

Os ventos na praia são constantes e sempre carregados de partículas. Elas vão se acumulando junto das peças, seja com o carro parado ou em movimento.

Veja as principais peças afetadas pela maresia:

Coifas: Apesar de ser uma peça emborrachada e que não sofre oxidação, a coifa encontra problemas com as partículas de areia. Esse componente serve justamente para evitar o acesso de poeira, sujeira e detritos no interior das pistas de trabalho de uma peça e a maresia oferece todos esses agentes em grande escala.

Conexões elétricas: Esses são os itens mais vulneráveis à ação da maresia, já que boa parte das placas, terminais e cabos são fabricados em ligas metálicas. Qualquer contato com água ou areia será o suficiente para acelerar o desgaste, enferrujando essas ligações. Quando isso acontece, o carro pode passar por uma série de problemas elétricos.

Filtros: A função deles é bastante lógica — e é por conta de um ambiente tão carregado como o litoral que os filtros sofrem nesses casos. Com tanta poeira, umidade, salinidade e areia no ar, essas peças ficam saturadas rapidamente, exigindo a substituição em um período muito menor.

Como conservar e preservar o veículo contra os desgastes

No caso da maresia, não há muito segredo! A prevenção e o cuidado são os melhores aliados de um proprietário de carro. Isso pode ser feito com a adoção das seguintes práticas:

· evitar deixar o motor e os componentes elétricos ligados quando não é necessário;
· utilizar capas de proteção para as rodas e para a carenagem enquanto o veículo estiver estacionado;
· evitar trafegar sobre a areia e/ou próximo do mar;
· na medida do possível, evitar as avenidas litorâneas.

No fim das contas, também vale lembrar que os modelos mais modernos já estão conseguindo contornar esses problemas no convívio com a maresia. Possivelmente, os carros que serão produzidos futuramente apenas com peças ambientalmente compatíveis, ignorando os efeitos do clima e da umidade sobre os seus componentes.

Gostou dessa matéria sobre os problemas causados pela maresia nos carros? Então não deixe de conferir nossa matéria sobre os riscos de andar com o tanque na reserva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *