Riscos de andar com o tanque na reserva

Andar com o carro na reserva é prejudicial para o automóvel e para o motorista, além das pessoas que estão por perto.

Ultimamente não está nada fácil manter o tanque de combustível cheio, mas não é de hoje que muitos motoristas possuem o costume negativo de andar com o tanque na reserva. Isso pode ser muito prejudicial para seu carro! Quer saber por quê? Continue lendo!

Riscos de dirigir com o tanque na reserva

Há diversos problemas que podem acontecer com o carro com pouco combustível. Entre eles, está a possibilidade de entrar ar no sistema; isso pode fazer com que o carro pare, mesmo depois de abastecido.

Ainda tem o perigo de superaquecimento da bomba elétrica localizada dentro o tanque. Ela é refrigerada pelo próprio combustível. Além disso, no fundo do tanque ficam sujeiras e detritos, que podem entupir filtros e bombas.

E, mais seriamente, há o perigo do motor do carro parar. Consequentemente, também parar a direção hidráulica e os freios. Assim, seu carro vai passar um bom período em uma oficina mecânica.

Quantos quilômetros o carro faz com o tanque na reserva?

Claro que essa informação irá variar de modelo para modelo de veículo, logo não dá para saber uma quilometragem exata de quanto o carro ainda anda com o tanque com pouco combustível. Porém, se tem uma noção geral de que o sinal do painel do carro indica a reserva entre 5 a 10 litros de combustível, ou seja, somente o necessário para ir até um posto de combustível.

Fica uma dica importante: se o carro entrou na reserva, mantenha uma velocidade entre 60 a 80km/ e evite freadas bruscas ou aceleração em excesso até chegar no posto mais próximo.

O barato sai caro

Andar com o carro na reserva sai mais caro do que mantê-lo abastecido! Os danos citados acima podem passar de R$2 mil, fora que, no Código Brasileiro de Trânsito, o carro parado na via por falta de combustível qualifica infração média, cuja multa é de R$ 130,16 e mais a perda de quatro pontos na carteira.

Sendo assim, se programe para nunca deixar seu carro com pouco combustível. Não vale a pena ter tanta dor de cabeça por algo tão simples de resolver, não é mesmo?

Acesse outras matérias do blog para conferir mais conteúdos automotivos! Aqui, falamos sobre a importância da revisão de férias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *